26 Passos para Criar Prosperidade

ImagemA prosperidade é um estado natural do ser humano. Ser próspero é estar em sintonia com as leis naturais que regem todo o Universo. Segue abaixo 26 passos para atingir a prosperidade plena em sua vida.

Fique na Paz Universal

26 Passos para Criar Prosperidade

Os Passos para Criar a Prosperidade

O fluxo do bem-estar flui livremente à sua     volta porque o bem é a base para a confecção e expansão de todas as coisas.     Ao aprender a viver em sintonia com esse fluxo você estabelecerá uma base     para que o mesmo se perpetue em sua experiência de vida.

www.rendaativa.com.br

Quais são os estados de consciência, de informação e energia que dão origem à riqueza pessoal? Por conveniência e para tornar mais fácil a memorização, fiz um alista dos vinte e seis passos que nos levam à prosperidade. Sei por experiência própria que não é necessário praticar nacionalmente as atitudes que descrevo a seguir para materializar a riqueza. Esforça-se para adotar uma postura ou cultivar um estado de espírito é desnecessário e pode causar estresse e tensão. Basta saber quais são os passos e ter consciência de sua existência.

Quanto mais nos tornamos conscientes deles, mais o conhecimento se estrutura em nossa mente. Com isso as posturas e o comportamento se transformam automaticamente, sem nenhum esforço de nossa parte. O conhecimento possui um poder inerente de organização. A simples leitura desses princípios faz com que eles sejam levados à nossa consciência. O conhecimento será processado e metabolizado pelo nosso organismo e os resultados virão automaticamente. No entanto, eles não acontecem da noite para o dia, mas começam a manifestar-se pouco a pouco. Lendo diariamente esta lista ou ouvindo-a numa gravação, você verá mudanças acontecendo em sua vida e a riqueza e prosperidade chegando facilmente às suas mãos.

1 – Todas as Possibilidades, O Absoluto

         A verdadeira natureza de nosso estado básico, bem como a do universo, é ser o campo de todas as possibilidades. É o que somos em nossa forma primordial: um campo de possibilidades. Partindo desse nível é possível criar qualquer coisa. O campo é nossa natureza essencial, nosso eu interior. Ele também é chamado de absoluto por gerar tudo o que existe. A prosperidade lhe é inerente, pois ela que dá origem à infinita diversidade e abundância do universo.

 2 – Sempre o melhor

        Evoluir significa tornar-se cada vez melhor em todos os aspectos da vida até se atingir o ponto máximo, que é ter prosperidade de tudo o que é bom. As pessoas com consciência de riqueza só almejam o que há de melhor. Então, viaje sempre de primeira classe em sua jornada pela vida e o universo responderá dando-lhe o que há de melhor.

3 – Desprendimento e Caridade

           Por definição, a consciência de riqueza é um estado mental. Ter milhões guardados no banco sem viver a experiência do desprendimento e da caridade é um estado de pobreza. Se você está sempre preocupado com quanto dinheiro vai precisar, por maior riqueza que possua, na verdade você é pobre. O desprendimento leva automaticamente à caridade e à partilha, pois ele deriva da consciência de que a fonte que dá origem a tudo é infinita, ilimitada e inesgotável.

4 – Oferta e Procura

         A lei da oferta e procura é universal. Seja qual for o serviço que viemos prestar neste mundo, existe alguém precisando dele. Pergunte-se: ”Como posso servir meus semelhantes?”, “Como posso ajudar? As respostas estão em seu interior e você as descobrirá com facilidade. Lembre-se de que cada um de nós tem uma darma, um propósito na vida. Quando estamos em darma, valorizamos e amamos nosso trabalho.

5 – Espere o Melhor

          A expectativa determina os resultados. Portanto, espere sempre o melhor e você receberá sempre o melhor. Alegre-se também com o sucesso dos outros, especialmente dos seus competidores e daqueles que se consideram seus inimigos. Saiba que, exultando-se com seu êxito, você estará fazendo deles seus ajudantes.

 6 – A Semente do Sucesso

           Em cada fracasso existe a semente do sucesso. Há um mecanismo básico envolvido na manifestação do material a partir do imaterial, do visível a partir do invisível. É o mecanismo do aperfeiçoamento. Os malogros da vida são os dentes da engrenagem da criação, que a cada passo nos conduzem para mais perto de nossas metas. Na realidade não existe o que chamamos de fracasso . Através de nossos erros aprendemos a fazer o que é certo.

7 – A Manifestação dos Desejos

            Já que devemos sempre buscar o melhor, por que não adotarmos Deus como modelo? Afinal, não existe ninguém mais rico do que Ele, porque Deus é o campo de todas as possibilidades.

Existe um mecanismo preciso através do qual todos os desejos podem ser manifestados, e ele funciona em quatro etapas:

        Primeira: Você entra no espaço que existe entre dois pensamentos. Esse vão é a janela, o corredor, o vórtex transformacional através do qual a mente individual se comunica com a mente cósmica.

        Segunda: Nesse espaço, afirme sua intenção de atingir uma meta preestabelecida com a maior clareza possível.

      Terceira: Desligue-se completamente de seu objetivo, porque apegar-se a um objeto desejado ou procurá-lo faz com que você saia do vão.

       Quarta: Deixe o universo cuidar dos detalhes para a realização do desejo.

       Lembre-se de que a meta está entregue ao vão. É dele a potencialidade de organizar e orquestrar todas as etapas necessárias para produzir qualquer resultado. Você deve se lembrar de alguma ocasião em que quis muito lembrar-se um nome, mas não o conseguiu, apesar de todos os esforços. Entretanto, assim que você esqueceu desse desejo, que se desapegou do objetivo desejado, o nome surgiu em sua mente como um passe de mágica. Pois esse é o mecanismo da realização de qualquer desejo. Enquanto você lutava consigo mesmo para lembrar-se do nome, sua mente estava alerta, turbulenta. Por cansaço ou frustração, você acabou desistindo da luta e a mente foi se acalmando, acalmando, até quase imobilizar-se, e , sem perceber, você deslizou para o vão, onde liberou seu desejo, e logo o realizou:”Peça e receberá”e “Bata e a porta lhe será aberta”.

Existe uma mente que sabe tudo que há para saber, e você     pode entrar em união intima com esta mente pela fé e pelo propósito de     avançar na vida.

   Um dos modos mais simples e fáceis de entrar nesse vão é praticar a meditação, e qualquer forma de meditação ou prece pode ajudá-lo a manifestar seus desejos a partir desse nível. Lembre-se, ao receber o resultado, que a gratidão e a generosidade são atributos naturais da mente voltada para a prosperidade.

8 – Felicidade para Todos

        A vida evolui naturalmente em direção à felicidade. Você deve sempre se perguntar se o que esta fazendo contribui para sua felicidade e a felicidade dos que o rodeiam. Como a própria felicidade e a de nossos semelhantes é o objetivo máximo, ela também e chamada de a meta de todas as metas. Quando buscamos dinheiro, um bom relacionamento ou um excelente emprego, na verdade estamos querendo encontrar a felicidade. O grande erro que cometemos é não procurar a felicidade em primeiro lugar. Se fosse essa nossa atitude, tudo o mais viria naturalmente.

9 – Decisão e Intenção

          Para conquistar riqueza ou qualquer outra coisa no universo físico, deve-se tomar a firme decisão de procurá-la. Essa decisão precisa se transformar numa intenção inflexível, da qual não existe volta. Esse objetivo definido não e abalado por desejos ou interesses conflitantes.

        Quando você determinar uma meta, não enfraqueça sua intenção preocupando-se com o que deverá ser feito para que ela se realize. Esse trabalho cabe ao universo, que cuida dos pormenores, organiza e orquestra as oportunidades. Você só tem de estar alerta a essas oportunidades.

 10 – Não Julgar

        Julgar não leva a nada. Quando abandonamos a necessidade de estar sempre classificando as coisas como boas ou más, certas ou erradas, sentimos um silêncio maior em nossa consciência. O diálogo interior começa a silenciar quando largamos o fardo do julgamento, o que facilita o acesso ao vão entre os pensamentos. Por isso é importante nos afastarmos de definições, rótulos, descrições, interpretações, avaliações, análises e preconceitos, pois todos eles criam a turbulência que é nosso diálogo interior.

11 – O Poder Organizador do Conhecimento

         O poder de organização é parte integrante do conhecimento. O conhecimento de qualquer tipo é automaticamente metabolizado pelo corpo e pela mente na ordem correta, e resulta numa mudança de percepção a partir da qual é possível criar novas realidades. Por exemplo, o conhecimento que você está adquirindo ao ler este livro criará espontaneamente as condições para a riqueza e prosperidade.

12 – Amor e Luxo

        Ame-se. Ame sua família. Ame seus clientes e fregueses. Ame a todos. Ame o mundo. Não existe um poder maior do que o amor. Ame também o luxo, adote-o como estilo de vida, sabendo que ele é o estado natural do ser humano. Gostar do luxo e desejá-lo é um dos requisitos para o livre fluxo da riqueza.

 13 – Motivar os Outros

          Ajudar os outros a ganhar dinheiro e a realizar seus desejos é um modo infalível de garantir que você ganhará muito dinheiro e verá seus próprios sonhos tornarem-se realidade. O melhor modo de motivar os outros é auxiliá-lo na realização de seus objetivos e ajudá-los a atingir suas próprias metas.

  14 – Não à negatividade

            Diga não à negatividade. Um amigo me ensinou uma técnica muito simples para afastar a negatividade. Sempre que surgir um pensamento negativo, diga apenas pra si mesmo: ”Que venha o seguinte”, e continue em frente. Dizer não à negatividade também significa evitar a convivência com pessoas negativas. Estas sugam sua energia. Cerque-se sempre de amor e afeto, e não permita a criação de negatividade ao seu redor.

15 – Coexistência dos Opostos

         A vida é a coexistência dos opostos. Alegria e tristeza, prazer e dor, luz e trevas, nascimento e morte. Uns não existiriam sem os outros. Vivemos as experiências deste mundo através de contrastes. Disse um sábio: ”O homem cego de nascimento nunca saberá o que é a escuridão, porque jamais conheceu a luz”. Quando existe em nossa mente a serena aceitação dessa vívida coexistência de valores opostos, tornamo-nos cada vez menos preconceituosos. O vencedor e o vencido são considerados dois pólos do mesmo ser. Quando não existem preconceitos, o diálogo interior silencia, o que abre as portas da criatividade. Lembre-se que os contatos com os seres humanos são oportunidades de evolução e realização de desejos, e só precisamos manter-nos alerta a elas, o que acontece com o aumento da percepção. A comunicação sincera e aberta libera os canais para surgimento dessas oportunidades.

 

Presas     à idéia antiga de que a fonte de riqueza é limitada, insistirão em seus     pensamentos que as instituições sociais e governamentais devem mudar antes,     para que um número considerável de pessoas possam ganhar sua subsistência     na riqueza.

          

16 – Um Propósito na Vida

            Estamos neste mundo para realizar um propósito e devemos descobrir qual é ele, porque quando o conhecermos entenderemos que somos pura potencialidade. Descoberto nosso propósito, devemos declará-lo em termos bem simples. Por exemplo: ”Meu propósito nesta vida é curar, levar a felicidade a todos os que estão próximos de mim e criar a paz”. O conhecimento de nosso propósito abre as portas para cada campo da potencialidade pura, porque cada desejo traz em si as sementes e o mecanismo para torná-lo realidade. Um sábio védico afirma: ”Sou o incomensurável potencial de tudo o que existiu, existe e existirá, e meus desejos são como sementes atiradas ao solo; elas esperam pela estação propicia e depois espontaneamente manifestam-se em belas flores e árvores frondosas, em jardins encantados e florestas, majestosas”.

 17 – Questionar

              Temos de questionar os dogmas, questionar as ideologias, questionar as autoridades externas. Somente questionando o que todos aceitam como certo, o que todos acham que é verdade, é  que conseguimos despertar da hipnose do condicionamento social.

18 – Dar e Receber

            Lembre–se que receber é tão necessário quanto oferecer. Receber graciosamente é uma expressão da dignidade de ofertar. Os que não conseguem receber são incapazes de dar. Dar e receber são diferentes aspectos do fluxo de energia do universo. Não se trata apenas de coisas materiais. Receber com elegância um cumprimento, um elogio ou manifestação de respeito implica na capacidade de retribuí-los. A ausência de respeito, cortesia, boas maneiras ou admiração cria um estado de pobreza, não importa quanto dinheiro se possui.

 

19 – Circular a Riqueza

          O dinheiro é como o sangue, precisa circular. Acumular dinheiro, agarrar-se a ele, o faz sedimentar-se, espessar-se como o sangue que não pode correr livremente nas veias. O dinheiro parado é como o sangue bloqueado, cujos coágulos são muito prejudiciais. O dinheiro é uma energia que recebemos em troca dos serviços que prestamos ao universo e à humanidade, e para que continue chegando a nós temos de mantê-lo em constante circulação.

20 – Transcendência e Atemporalidade

          Sem transcendência a vida não tem beleza. Para se viver plenamente é necessário ir alem de todas as fronteiras. Como disse um poeta sufi, Rumi:  ”Muito além das idéias do certo e do errado existe um campo. Nos encontraremos lá”.

         Sinto que a experiência de transcendência que conquistei com prática da meditação me dá uma estabilidade e um silêncio interior que não são suplantados por qualquer outra atividade. O silêncio permanece comigo de modo que nenhuma experiência externa consegue toldar a percepção e a vivência do meu eu interior.

           A percepção desejada deve ser atemporal, e não temporal. A percepção temporal ocorre quando renunciamos ao eu interior em favor da auto–imagem, da máscara social, do verniz protetor atrás do qual tentamos nos esconder. Na percepção temporal nosso comportamento é sempre influenciado pelo passado, pela preocupação e o temor do futuro. Ela fica pesada de culpa e tristeza, e está enraizada no medo. Causa desgaste, envelhecimento e morte.

          A percepção atemporal, pelo contrário, é a percepção do eu interior.

         O sábio védico afirma: ”Não sofro pelo passado nem temo pelo futuro porque minha vida está supremamente concentrada no presente, e as respostas a qualquer situação estão aqui mesmo”. A percepção atemporal também é chamada de estado de bem–aventurança. O eu interior não vive no reino do pensamento, ele habilita o vão, o espaço que existe entre dois pensamentos. Nele, a mente cósmica sussurra para nós, naquilo que chamamos de intuição. A percepção temporal está no intelecto: ela raciocina. A percepção atemporal está no coração: ela sente.

21 -A Unidade Por Trás da Diversidade

      A consciência de unidade é um estado de iluminação em que perfuramos a máscara de ilusão  que cria fragmentação e a separação. Por trás da aparência de separação existe um campo  unificado de plenitude, onde a cena e o observador são uma só coisa.

    Vivenciamos a unidade de consciência quando estamos apaixonados, quando entramos em contato com a natureza, admirando as estrelas ou caminhando na praia, ou ouvindo música, dançando, lendo poesia, orando e experimentando o silêncio da meditação.

      Na unidade de consciência, nos esgueiramos pela barreira do tempo para entrarmos no parque de diversões da eternidade. Quantas vezes já dissemos algo como: “A paisagem era incrível, quase perdi o fôlego diante da beleza das montanhas. Foi como se o tempo tivesse parado”. Nesse momento você e as montanhas tornaram-se um só. Em um nível muito profundo de percepção sabemos que eu, você, as montanhas e tudo o mais somos o mesmo Ser em diferentes roupagens.

     Isso é o estado de amor, não de amor como sentimento, mas como de verdade máxima no seio de toda a Criação.

 22 – Valores

       Sem valores, existe confusão e caos. Quando os valores se desintegram, tudo se desintegra. A saúde desaparece, a pobreza supera a prosperidade, sociedades e civilizações desmoronam. Quando prestamos atenção nos valores que a sociedade sempre considerou sagrados – verdade, integridade, honestidade, amor, fé, devoção e beleza, a ordem emerge do caos e o campo de pura potencialidade em nosso interior torna-se todo  poderoso, capaz de criar qualquer coisa que deseje.

23 – Riqueza Sem Preocupação

       A consciência de riqueza implica a ausência de preocupação com o dinheiro. As pessoas realmente ricas jamais temem perder sua riqueza porque sabem que no lugar de onde ela veio existe uma fonte inesgotável de dinheiro.                                                                                                     Certa vez, quando conversávamos sobre um projeto sobre a paz mundial com o mestre Maharishi Mahesh Yogi, alguém lhe perguntou: ”E de onde virá todo esse dinheiro?” Ao que ele respondeu sem hesitação: “De onde quer que ele esteja neste momento”.

24 – Gratidão

          Lembre-se sempre de externar seu sincero apreço e gratidão a todos os que o ajudam. Tenha em mente, contudo, que esse apreço não deve jamais ser fingido. A expressão da gratidão é uma força poderosa que gera muito mais do que já recebemos.

 25 – Vigor Juvenil

       Vivenciamos a saúde quando nos identificamos com o que vem do eu interior. Quando nos identificamos com coisas, sejam situações, circunstâncias, pessoas ou objetos, estamos entregando parte de nossa energia a elas. O resultado é a falta de energia e de vitalidade. Quando nos identificamos com o eu interior, mantemos toda nossa energia e nos sentimos dispostos, fortes e cheios de vigor juvenil.

26 – Gosto pela Vida

         Devemos ter gosto pela vida, o que significa apreciar toda sua exuberância e saber que existe uma única vida sob incontáveis formas. Conhecer essa vida significa saber que o poder está no momento presente, que eu sou ela, que você é ela, que tudo isso é ela e ela é tudo que existe. Rabindranath Tagore, o poeta indiano, disse: ”O mesmo rio que corre pelo mundo corre constantemente pelas minhas veias e baila ao som de sua própria música. É a mesma vida que grita de alegria, perfurando a terra com incontáveis laminas de relva, e explode em agitadas ondas de flores”. Ele chamou isso “o palpitar das eras, dançando em meu sangue neste exato momento”. Ter o gosto pela vida é entrar em contato com essa dança, é enfrentar o que vem pela frente com despreocupação e liberdade. O desconhecido é o campo de todas as possibilidades que existe em cada instante. Nele encontramos liberdade, vamos além dos condicionamentos do passado e muito além da prisão do espaço e do tempo. Como disse Dom Juan a Carlos Castañeda: ”Não importa qual seja nosso destino especifico, desde que enfrentemos com máximo de abandono”. Isso é desprendimento. Isso é alegria. Isso é liberdade, gosto pela vida. Bem, aí foram eles. Vinte e seis passos para conquistarmos riqueza ilimitada, vinte e seis passos para a prosperidade. Repito que você não precisa cultivar racionalmente essas atitudes e atributos. Basta ter consciência deles. Leia-os diariamente ou faça uma gravação em fita e ouça-os, e você verá sua vida mudar e tornar-se uma manifestação de prosperidade, abundância, infinidade e imortalidade.                                      Crie toda a riqueza que seu coração desejar. Realize todos os desejos matérias e imateriais que você possa ter. Crie a riqueza e gaste-a com prodigalidade, depois reparta-a com os outros. Dê riqueza a seus filhos, familiares, parentes, amigos, à sociedade e ao mundo. Lembre-se de que a riqueza pertence ao universo, e não a nós -nós pertencemos a ela. Somos filhos privilegiados do universo e ele escolheu repartir sua fortuna conosco. Basta dirigirmos nossa atenção para prosperidade e ela será nossa. Disse um grande sábio indiano: ”Você está onde sua atenção o leva. De fato, você é sua atenção. Se ela se divide, você se divide. Quando sua atenção está no passado, você está no passado. Mas quando sua atenção está no momento presente você está na presença de Deus e Deus está presente em você”. Portanto, tenha consciência apenas do momento presente, do que você está fazendo agora. Deus está em todos os lugares e para sentir sua presença você só precisa abraçá-lo conscientemente com sua atenção.

Fonte: Criando Prosperidade (Deepack Chopra)

http://www.rendaativa.com.br

Anúncios

Sobre circulovital

Sou uma pessoa simples e que adora a simplicidade Gosto de motivar as pessoas a buscarem aquilo que realmente faz sentido em suas vidas. Criei este blog para partilhar ideias e experiências sobre alimentação natural e hábitos saudáveis. Sua visita muito me honra. Muito obrigado.
Esse post foi publicado em Culinária Natural. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s